Fomos chamados para SOFRER!

Fomos chamados para SOFRER!

 

A paz do Senhor Jesus!

Em tempos de um Evangelho superficial, com pregações que mais se parecem com palestras de auto-ajuda, quero chamar a atenção para um outro lado, o de sofrermos pelo verdadeiro Evangelho, afinal a Bíblia não promete sombra e agua fresca para ninguem enquanto estiver sob essa terra.

Na conversão do apostolo Paulo, quando o Senhor Jesus aparece a ele, o deixa cego com a sua glória e o manda para a casa de Judas em Damasco que lá ele receberia as instuções. Neste meio tempo, o Senhor manda que Ananias vá pregar à Paulo. Como Ananias conhece a fama de Saulo (antigo nome de Paulo), ele se recusa, fica com medo e tenta fazer com que Deus mude de ideia, mas a resposta de Jesus é a segunte:

E eu lhe mostrarei quanto deve sofrer pelo meu nome. (Atos 9:16)

Paulo, que depois de Cristo foi o maior evangelista que se conhece, um homem que escreveu metade do Novo Testamento, nos deixou cartas maravilhosas que tem instruções de extrema valia para todos os cristãos, desde novos convertidos à pastores, não foi exatamente um comandante dos cristãos, que ficava sentado atrás de uma mesa de mogno, em uma luxuosa cadeira escrevendo instruções e gerando “suditos”, como esses pastores que dizem que devemos ter a vida mansa fazem.

O Senhor Jesus nos deixou alertas que no mundo teriamos aflições, mas era para termos bom ânimo, pois ele venceu o mundo (João 16:33). O próprio Jesus não quis e não teve moleza nos trinta e três anos que passou nesta terra. Ao contrário dos pastores que querem ser servidos, que inventam para sí títulos (apostolo, patriarca, doutor em divindades e etc.) deixou bem claro que não veio para ser servido, mas para servir (Mateus 20:28)

O Senhor Jesus deixou uma imposição que devemos cumprir para segui-lo. Quem quiser servir ao Senhor deve tomar a sua cruz (Lucas 9 :23, Mateus 16:24 e Marcos 8:34). Tomar a cruz me remete ao sofrimento de Jesus no Calvário. Sofremos ao falar de Jesus para as pessoas na rua, muitas nos ignoram, algumas nos xingam, outras são indiferentes e pela nossa natureza, a vontade que nos dá é de desistirmos de esperarmos que as pessoas cheguem por conta própria em nossas igrejas, nas não cumpririamos o ide que Jesus ordenou e consequentemente não fariamos a vontade de Deus.

O apostolo Paulo entendeu muito bem o que é sofrer por conta do Evangelho, em uma de suas cartas ele escreve o que teve de passar por amor à Palavra do Senhor e nos deixa um exeplo maravilhoso de alguém que tinha sede em servir ao Deus que o chamou.

Três vezes fui açoitado com varas, uma vez fui apedrejado, três vezes sofri naufrágio, uma noite e um dia passei no abismo (2 Coríntios 11:25)

Paulo foi açoitado três vezes, foi apedrejado uma vez em Listra – onde teve que se fingir de morto para escapar, naufragou por três vezes, passou um dia no abismo e foi preso por inumeras vezes. Se existe alguem que pode dizer com propriedade o que é sofrer pelo nome do Senhor, é o apostolo Paulo, que chegou ao ponto de dizer que viver era Cristo e morrer passou a ser um ganho (Filipenses 1:21), pois ele sabia que no fim desta vida, algo muito melhor lhe estava reservado.

No final de sua vida, escrevendo à Timóteo, seu filho na fé, Paulo escreve uma frase que me faz viajar em meus pensamentos e me faz imaginar se ao final de minha vida, terei autoridade de falar como ele, se o legado de meu ministério vai comprovar esta frase, tornando-a verdadeira em minha vida.

Combati o bom combate, acabei a carreira, guardei a fé (2 Timóteo 4:7)

Com esta frase, o apostolo Paulo deixa bem claro que não ficou devendo em nada, que tudo o que o Senhor lhe havia ordenado estava feito. E se estudarmos a Bíblia veremos que realmente ele havia cumprido os propósitos do Senhor em sua vida, mostrando que a pesar de todo o sofrimento que passamos, o Senhor está agindo em nosso favor e que não devemos desistir de nossa fé, pois cada luta irá nos ajudar a aperfeiçoar nossa caminhada com o Senhor.

Que o nosso Deus te ilumine a mente e que você tenha sido edificado através deste texto, que com o estudo sistemático e devocional da Bíblia, você possa perceber os falsos evangelhos e seguir pelo verdadeiro, sem se desviar nem para a direita e nem para a esquerda, pois mesmo com todo o sofrimento, quando estivermos na glória, vamos olhar para tras e ver que valeu a pena!

Deus te abençoe grandemente e fique à vontade para comentar.

Thiago Schadeck

@pregandoverdade

Comentários no Facebook